A comissão da grande família “Mocidade Unida da Mooca”

Comissão de Frente da MUM – Abdias e EXU / Acervo Pessoal

Falaremos hoje da comissão de frente e da trajetória do coreografo de umas das escolas novas no grupo de acesso, a Mocidade Unida da Mooca, conhecida carinhosamente como “MUM”. A comissão é liderada por Nildo Jaffer, que tem uma trajetória incrível e foi se transformando em um profissional impar de muito talento.

Nildo começou sua trajetória em 1986 como bailarino da Academia Monica Eliza, onde permaneceu por 4 anos. Em seguida fez parte da Academia grupo de dança Raça, que também durante esse período atuou como professor de jazz, aeróbica, ginástica, step, alongamento etc. Passou também pelos Parques Playcenter e Hopi Hari como coreógrafo e apresentador.

Sua história no carnaval começa em 2008, através de um convite de Marcio Telles para coreografar uma ala na Rosas de Ouro que viria logo atrás da comissão de frente, na qual ficou por 3 anos. Em 2011 seguiu para coreografar a comissão de frente da Nenê de Vila Matilde, também através de Marcio Telles, onde permaneceu por 7 anos e no ano seguinte resolveu parar mas ficou apenas 1 ano fora e retornou ao carnaval para coreografar a comissão de frente de sua atual escola, Mocidade Unida da Mooca.

Jaffer nos conta que os projetos e trabalhos começam com uma reunião com carnavalesco e que é discutida a montagem desse projeto como quantidade de componentes, estrutura e outras coisas. A comissão de frente da “MUM” tem um diferencial: Ele prefere trabalhar com pessoas da escola para moldarem e se adequarem ainda mais nos projetos internos da agremiação.

Nildo costuma fazer audições para escolha dos componentes fazendo a mesma funcionar no estilo aula de jazz e assim segue em frente com seus componentes escolhidos para os ensaios que costumam ser semanais e vão aumentando conforme o carnaval se aproxima. Mesmo sem ter o enredo, ele prefere seguir ensaiando para ir conhecendo e treinando cada membro.

Com enredo Abadias Nascimento e sobre o teatro experimental, a comissão contava com o personagem principal Exu, que era o guia de Abdias.  Esse guia abria o caminho para os 7 componentes que representavam os pretos da rua  e esse Exu, também tirava-os da rua e os transformava em atores e grandes estrelas do teatro experimental.

Foram incansáveis ensaios durante dias e noites, olhos atentos aos figurinos que também foram usados para ensaiar nos dias próximos ao desfile e em todos os detalhes para que nada saísse do programado e como resultado deu certo.

A comissão de frente da Mocidade Unida da Mooca trouxe a nota máxima consagrando o trabalho árduo dos coreógrafos, componentes e auxiliando a agremiação a consagrar o 4° lugar no acesso.

Nildo finaliza com agradecimentos ao presidente Rafael Falanga a toda sua diretoria, aos componentes, ao carnavalesco e todos aqueles que fazem parte da família MOCIDADE UNIDA DA MOOCA. 

Comissão de Frente MUM – Carnaval / Acervo Pessoal

Alessandra Amorim