Jasmine Alimentos e Amazon fecham parceria para venda de produtos saudáveis no Brasil

27/8/2020 –

Há 30 anos no mercado, a Jasmine Alimentos deu um novo passo para expandir a venda de produtos saudáveis a nível nacional: uma parceria com a Amazon, a gigante do e-commerce, que só no último trimestre registrou lucro líquido de aproximadamente R$ 26 bilhões.

A colaboração começou a ser desenhada em janeiro de 2020 e foi consolidada no segundo semestre. A Amazon adquiriu 19 tipos de produtos da empresa brasileira especializada em alimentos saudáveis para revender em todo o Brasil. Entre as opções estão aveia, granola, cookies, linhaça, proteína de soja, quinoa e arroz orgânico. Contudo, as negociações preveem a inclusão de 100% dos produtos da Jasmine Alimentos no e-commerce nos próximos meses.

Para o diretor comercial e de logística da Jasmine, Fabiano Vasconcelos, a parceria foi iniciada com o objetivo de atingir clientes que o varejo comum não conseguia alcançar. “De dois anos para cá, a Jasmine vem fazendo uma introdução nos mercados de nível nacional, no grande varejo, mas o canal ainda não atingia todos os estados. Por meio da parceria com a Amazon, o consumidor não depende apenas do ponto de venda próximo a sua residência. Até clientes que moram em cidades do interior conseguem acessar o site, comprar e receber o produto em casa”, explica.

A estratégia foi ainda mais assertiva no período da pandemia do novo coronavírus. “Nós sabemos que, em função da pandemia, muitas pessoas estão evitando sair de casa. Outro fator relevante são as restrições de funcionamento de supermercados e do pequeno varejo, que se limita aos decretos municipais para a contenção do vírus. Graças a essa parceria, o consumidor não precisa se deslocar para conseguir nossos produtos. Estar em um e-commerce desse porte é um grande diferencial, principalmente nesse momento que estamos vivendo”, ressalta o diretor comercial da Jasmine.

Website: https://www.centralpress.com.br/

Artigo de