Chocalho e suas origens

imagem: acervo pessoal

Salve meu povo!

Essa semana vamos falar de chocalho, instrumento que transita no decorrer da história da humanidade, em diversas culturas nas quais se expressavam de forma rítmica ou musical e tem nomes e formatos diferentes de acordo com a sua região e cultura.

Ganzá, maracas, caxixi, xique xique, chocalho propriamente dito, consiste num cilindro comprido oco, geralmente de metal, com objetos no seu interior (conchinhas, miçangas, sementes etc.). O som é produzido agitando o instrumento, de modo que os objetos no seu interior se choquem com as paredes internas.

Seu formato dentro das baterias é basicamente padrão, consiste em um instrumento feito de um corpo de madeira com pregos e neles platinelas ou o Rocar que era usado antigamente que consiste em um corpo metálico com hastes e nessas as platinelas, sua forma de tocar é a mesma.

No carnaval e na música também teve um papel muito representativo, desde as épocas de cordões em São Paulo os chocalhos já se faziam presentes, aliás no início mesmo em 1914 quando o Sr. Dionísio Barbosa reuniu algumas pessoas dentre essas mulheres para o festejo tradicional antes da quaresma até então festejada somente pela aristocracia.

Dentre essas mulheres do Cordão, uma delas estava com um chocalho, dando assim uma conotação histórica muito valiosa, sendo que esse cordão mais tarde deu origem a escola de samba Mocidade Camisa Verde e Branco.

Atualmente em nosso carnaval o chocalho é um instrumento obrigatório dentro da bateria e sua principal função é dar sustentação às caixas nas partes fortes do samba (refrão), porém esse naipe foi se inovando durante os anos e hoje além de sua função rítmica algumas baterias agregaram arranjos (desenhos) e coreografias abrilhantando ainda mais o espetáculo.

Grande abraço e luz a todos!

Redação Sampa

Compartilhe com os amigos:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Fique por dentro

Assine Nossa Newsletter

Fique por dentro das novidades que a redação da Sampa prepara pra você

Veja também

Posts Relacionados

O ventre

No último dia 25, foi comemorado o Dia da África. Que não é um dia festa, mas de reflexão, daquilo que é o continente para

Scroll to Top