Lembranças : A Faculdade da Memória

“Como uma simples recordação tem o poder de mostrar que estamos todos conectados”

Acervo Digital

Imaginem quantos flashes, nossos olhos podem registrar em alguns instantes? Quantas recordações estão guardadas em nossas mentes? Somos capazes de registrar momentos únicos e deixar guardado em um HD preso em nossa alma? Os segredos guardados na mente humana, são surpreendentes! Alinhadas a um grande evento como o carnaval, podem fazer as lágrimas escorrerem facilmente. Como um enorme livro de memórias, a cada foto guardada em um álbum de família nos remete a momentos únicos despertando sentimentos finitos. Nosso carnaval paulistano em sua história, tem momentos inenarráveis seja nas grandes conquistas, nas apurações e também nos sacrifícios, na luta e na raça.

Bloco dos Esfarrapados – Crédito centro de memor ia do bixiga

O canto em coro, as batidas dos surdos e tamborins ainda ecoam nas paredes inquietas da memória do sambista, as eternas alas de passos marcados, os ganzás, agogôs e xequerês trazendo aquela herança ancestral à tona. As vestes coloridas de reis, rainhas, crianças todas misturadas com o brilho alucinante das passistas e a riqueza de detalhes das alegorias. Tigres, dragões, leões, arlequins, castelos, casas, arcanjos e querubins, fauna e flora dispersa em dezenas de bonecos espalhados pelos sonhos de adultos e crianças. As folhas espalhadas junto as plumas caídas nas ruas, no carnaval do povo, dos desejos infinitos e infindáveis. Como esquecer?

Deveria ter uma máquina capaz de guardar as memórias destas bibliotecas de culturas que fecham as portas ao partir… Como eu gostaria de fechar os olhos e voltar na infância e relembrar cada segundo, cada silencioso milésimo de segundo que fez com que
aquele piscar de olhos se eternizasse. Hoje esta coluna é pra você, ler, refletir e recordar, quantas alegrias e lembranças boas o Carnaval trouxe…Para muitos…“Na parede da memória, esta lembrança é o quadro que dói mais”

Mas neste momento chorar de emoção faz bem….

Obrigado pela Leitura!

Nos vemos na próxima quinta recordando o grande desfile de 2018 da Tom Maior.

Odirley Isidoro

Redação Sampa

Compartilhe com os amigos:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Fique por dentro

Assine Nossa Newsletter

Fique por dentro das novidades que a redação da Sampa prepara pra você

Veja também

Posts Relacionados

Primeira dama (parte 2)

A partir dos desfiles de 1968, foi criada uma cartilha para avaliar as entidades que o grande público conhece como “Quesitos”. Ao longo dos anos,

Scroll to Top