Com show virtual de Post Malone e novas adaptações, franquia ‘Pokémon’ comemora 25 anos

A marca, que é reconhecida mundialmente como uma das mais rentáveis, comemorou a data no sábado (27)

Personagens Ash Ketchum e Pikachu. Foto: Boomerang/Divulgação 

Fenômeno mundial, a franquia Pokémon está completando 25 anos. Criada pelo design japonês Satoshi Tajiri, a série de jogos, filmes e animações coleciona milhares de admiradores ao redor do mundo. Posteriormente, a semana foi de muita comemoração. Como é o caso, sobretudo, do rapper americano, Post Malone, que é fã assumido, e foi convidado a se apresentar online na Twitch.  

Desenvolvida pela Game Freak e publicada pela Nintendo, a marca começou como uma série de jogos para o console Game Boy no ano de 1996. A princípio, suas características eram parecidas com jogos de RPG. Contudo, com o passar dos anos, foi se adaptando aos novos formatos, como de quebra-cabeças e jogos virtuais. 

Em 2017, junto com a franquia de Mario Bros, se tornou uma das marcas mais vendidas no mundo. Além do mais, também detém o título de uma das séries de games mais variadas, com em torno de 76 lançamentos. 

Personagens

Um dos grandes atrativos de Pokémon são os seus personagens: o mascote Pikachu, caracterizado por seu pelo amarelo, orelhas pontudas e bochechas avermelhadas, é o xodó dos fãs. Seu amigo e tutor, Ash Ketchum, também é um dos nomes principais da franquia, que ganhou força no mundo animado. 

Há cada ano, diversas temporadas – também se diz gerações – são lançadas e com elas, novos personagens e universos. Cada um contém características individuais e poderes diferentes, tanto nos jogos, quanto nas adaptações para o audiovisual. 

Cenas do filme Pokémon: detetive Pikachu (2019). Foto: Reprodução/a Legendary Entertainment 

Presente aos fãs

Mesmo após duas décadas e meia de seu lançamento, a franquia Pokémon segue como uma das mais rentáveis. Nesse ínterim, em comemoração ao aniversário, os produtores repaginaram dois clássicos. São esses: Pokémon Brilliant Diamond e do Pokémon Shining Pearl. Além do mais, também é esperado que novos personagens sejam lançados ao longo de 2021. 

O último grande lançamento da marca foi a série de RPG, Pokémon Go. Sucesso mundial e vista como uma inovação, a atração foi capaz de atrair pessoas de todo o mundo. Sobretudo, fãs e curiosos começaram a caçar Pokémon incessantemente. Assim, novos adeptos chegaram ao universo. 

Todavia, o formato surpreendeu, pois trouxe um novo estilo de RPG, mais tecnológico e com uma realidade aumentada. Até os dias atuais, segue faturando. Estima-se que em 2020, a produtora Niantic faturou em torno de 1 bilhão de dólares. 

Campeonatos eletrônicos

No início, a franquia Pokémon era apenas um jogo single player. Mas, com o sucesso avassalador, a marca ganhou adeptos fiéis ao redor do mundo. Desse modo, não demorou a se expandir para o cenário do E-Sports

Hoje em dia, conta com equipes profissionais e competições oficiais. O enredo, composto por personagens, que se caracterizam com pontos fortes e fracos, é uma das receitas para a o sucesso. A trajetória, começou lá atrás com Cabo Game Link, que ligava um Game Boy a outro, até sua evolução para os eletrônicos. 

Posteriormente, é o caso de Pokémon Video Game Championship (VGC), que engloba diferentes competições, com rankings estabelecidos por pontos conquistados em diferentes níveis. Há tanto experiências online, quanto presenciais. O Internacional e o Mundial, principais torneios do cenário, além do game mais recente da franquia Sword e Shield, atualmente, ainda englobam o Trading Card Games (TCG) e o Pokkén, que é um fighting game

Vale lembrar que a franquia Pokémon, apesar da autonomia, não segue o mesmo patamar de jogos como Free Fire e Fortnite, estes muito mais novos no mercado de games. Sobretudo, é claro, que, se a sua fornecedora investisse a fundo, rapidamente a série chegaria ao mesmo nível. Em contrapartida, o não investimento nesse quesito é camuflado, quando o assunto é Live-Action, animação e publicidade por fora. 

Artigo de

Karine Gómmes