Arquitetura e comportamento como aliados do bem-estar

São Paulo 30/12/2020 – O propósito da arquitetura é harmonizar a relação do homem com o espaço em que vive. Nesse sentido, dois conceitos são fundamentais – relação e harmonia.

O ambiente e o comportamento afetam diretamente o bem-estar das pessoas. Em tempos de trabalho remoto, é fundamental saber montar um home office que beneficie a saúde e a produtividade.

O propósito da arquitetura é harmonizar a relação do homem com o espaço em que vive. Nesse sentido, dois conceitos são fundamentais – relação e harmonia.

A relação começa no autoconhecimento. A forma como as pessoas se relacionam com elas mesmas e o quanto conhecem o seu potencial, características e desejos influenciam a maneira como se relacionam com o ambiente à sua volta – não só o ambiente físico, mas, também, as relações interpessoais e as atividades que realizam.

Já a harmonia surge dessa relação junto ao conceito de “ecologia”, ou seja, o estudo das relações estabelecidas entre os seres vivos e o meio em que vivem.

Assim, chega-se ao conceito de “Ecologia Humana”: quando um indivíduo faz aquilo que é espontâneo e prazeroso para si, trilha o caminho do desenvolvimento saudável, que leva ao sucesso – é o que se chama de trilha verde. De forma contrária, quando o profissional exerce funções que não são compatíveis com a natureza do seu perfil comportamental, acaba seguindo por um caminho árduo e infeliz, que exige muito esforço para poucos ganhos – conhecida como trilha vermelha.

Portanto, é possível afirmar que, na prática, a Ecologia Humana, quando bem aproveitada, implica no aproveitamento dos talentos de acordo com a natureza do indivíduo e o ambiente em que está inserido.

Do mesmo modo, é possível fazer uma analogia sobre as pessoas e o ambiente em que estão inseridas – e como isso pode afetar a sua saúde mental e física. Assim, fica mais claro o porquê de as pessoas sentirem-se melhores em ambientes que conectam-se com a sua essência.

Para facilitar o entendimento, a arquiteta Vanessa Goulart, do Studio Goulart, usa um exemplo simples: “É provável que, ao entrar em uma rua escura e deserta, você tenha uma sensação de insegurança. O contrário também é verdadeiro: um espaço ordenado e bem iluminado tende a trazer uma sensação de maior segurança e bem-estar”, afirma.

Em 2020, os ambientes pessoal e profissional foram unidos em um único lugar durante o isolamento social (causado pela pandemia da COVID-19). Daí surgiu a necessidade de tornar o relacionamento entre indivíduos e os ambientes o mais positivo possível.

Pensando nisso, a ETALENT e a arquiteta Vanessa Goulart disponibilizaram um e-book com dicas importantes para montar um home office adequado às atividades profissionais.

Website: https://etalent.com.br/artigos/ambiente-comportamento-bem-estar/

Artigo de