Como planejar uma viagem econômica nas férias

Rio de Janeiro 3/12/2020 – É importante que o turista tenha flexibilidade na hora de fazer um plano de viagem, o que implica em estar aberto e fazer alguns ajustes.

Viajar pode ser um investimento caro em tempos de crise e vale a pena investir em detalhes para gastar menos e ter um saldo positivo no bolso.

Nos últimos anos, viajar tem se tornado uma atividade cara, com a alta do dólar, e o mercado cada vez mais afetado pela instabilidade econômica. Informações divulgadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no início de dezembro, mostram que a taxa de desemprego subiu para mais de 14% no terceiro trimestre do ano, o que vai impactar no turismo e na economia como um todo. Por isso, vale a pena pensar em cada detalhe para gastar menos e ter um saldo positivo no bolso e aproveitar ainda mais a viagem de férias.

Especialistas recomendam que, junto ao bom planejamento, o turista tenha flexibilidade na hora de fazer um plano de viagem, o que implica em estar aberto e fazer alguns ajustes. Isso porque viajar e bater perna por aí, que é um objeto de desejo de muita gente, ficou bem mais fácil de ser realizado com a ajuda da tecnologia que permite procurar passagens mais baratas e hospedagens mais econômicas. Ainda, explorar destinos mais perto de casa pode ser uma alternativa para que o turista economize na viagem. Para ajudar o turista nessa tarefa, seguem algumas dicas do que é possível fazer para botar o pé na estrada nas férias e se divertir de forma mais econômica.

– Buscar hospedagens mais flexíveis

Procurar hospedagem mais em conta e sem tarifas exorbitantes em aplicativos e plataformas digitais que possibilitem a escolha de um lugar confortável e ao mesmo tempo mais barato. É possível fazer uma troca de casa nas férias com a BeLocal Exchange (www.belocalexchange.com), em que associados de um clube trocam de casa entre si e economizam na hospedagem; alugar um imóvel particular, algo que ficou comum nos últimos anos, e até mesmo reservar um quarto em imóvel no destino de sua preferência no AirBnb (https://www.airbnb.com.br/) e VRBO (https://www.vrbo.com/pt-br/)  

– Procurar destinos onde o real é valorizado

Se quiser viajar para o exterior, pensar em lugares vizinhos e perto de casa. Na América Latina, países como Argentina e Uruguai, são boas opções. É bom pesquisar indicações no site TripAdvisor (https://www.tripadvisor.com.br/) e em portais de turismo de países que fazem fronteira com o Brasil.

– Desapegar de lugares mais famosos

Pode ser um sonho conhecer Paris ou Nova York, mas não vale colocar o orçamento em perigo. É possível esperar um pouco mais para realizar esse sonho e procurar lugares para gastar menos e que proporcione boas experiências. Vale o mesmo para destinos brasileiros, nem sempre muito procurados.

– Pesquisar voos e rotas por terra 

Assim como existem buscadores para hospedagens mais baratas, não é difícil achar voos com horários e preços para gastar menos. Milhas ajudam a abater parte dos seus gastos na passagem e em serviços. O site Kayak, um dos principais metabuscadores de viagem do mundo, lançou o Detetive de Preços (https://www.kayak.com.br/detetive-de-precos) uma ferramenta para ajudar os viajantes brasileiros a garantir a sua próxima viagem. O Google Maps sempre é um bom caminho para quem vai pegar a estrada de carro.

– Dar preferência a experiências locais 

Numa viagem, sempre é bom ficar mais leve e tirar os shoppings e as lojas de compras do roteiro, evitando trazer lembranças caras para os parentes. Se quiser trazer algo, vale buscar algo mais original e local, pois a tentação pode ser avassaladora. Ainda, aproveitar atrações ao ar livre e curtir muito o ambiente externo depois de ficar tanto tempo em isolamento social.

Além disso, para tornar a viagem ainda mais econômica, é bom pesquisar antes da data da viagem sobre passeios turísticos gratuitos e, quando chegar ao destino, usar transporte público ou andar para conhecer a cidade. Se a hospedagem for feita em uma casa, é possível reservar algum período para fazer uma refeição gostosa na cozinha que certamente terá tudo à mão. Escolhas reais como essas podem tornar realidade as férias quando há preocupação em não estourar o caixa durante a viagem.

 

 

Website: http://www.belocalexchange.com

Artigo de