O Preço da Traição parte 4

A comunidade não se abalou, reconheceu que tinha sido um desfile atípico, novo companheiro, a chuva na hora do desfile, todos tinha conhecimento do ocorrido e apoiaram nossa Porta Bandeira.  Após o resultado do desfile, ela recebeu muitos telefonemas de incentivo, em suas redes sociais, muitas mensagem de carinho e reconhecimento pelo que Maria já havia feito pela Agremiação.

arte: Wesley Bj

Ao invés de apoiar sua companheira de dança, Kaio se ausentou de qualquer manifestação favorável e ainda foi reclamar do empenho de Maria a Direção da Escola, ficando aí nítida a ruptura entre ambos.

Kaio tinha o apoio de seu amigo Diretor que tb era um patrocinador da escola que com estas inconformidade de seu pupilo levou o desagravo a Direção da entidade, criando aí um movimento de desconfiança sobre a postura de Maria.

Os meses se passaram, sem mais novidade sobre o caso até que em Maio, a comunidade soube da novidade que Maria estaria grávida. Kaio aproveitou este acontecimento para trabalhar contra a dama nos bastidores.

Maria e Kaio foram chamados para uma reunião com a Diretoria, nesta Maria informou que daria a luz até a primeira semana de dezembro que pela sua saúde perfeita poderia estar pronta para fazer o desfile com o primeiro pavilhão, ja que os desfiles aconteceria nos primeiros dias de Março.

Houve muita discussão e Kaio se colocou contra esta proposta, mesmo porque todos sabiam que a escola estava preparando um desfile vencedor,com estes argumentos e o apoio de alguns e de seu amigo patrocinador, a direção resolveu afastar Maria do próximo desfile, mas a também garantiram que logo que passasse o carnaval, Maria reassumiria suas funções.

Muito chateada, Maria concordou, porque naquele momento tinha que pensar no seu filho e um ano passaria logo.

Nesta posição o final do ano chegou e Kaio levou uma amiga e com ela desenvolveu o preparo para o desfile, mesmo com outra em seu lugar, Maria não deixou de frequentar a Escola e era ainda mais paparicada pela amizade que conquistará junto a comunidade, não interferiu no trabalho em que Kaio realizava, preferiu ficar distante ja que houve o abalo na relação que ja não era tão boa com Kaio.

O carnaval chegou e como o esperado a escola fez um belo desfile e sagrou-se campeã conseguindo uma vaga para o grupo de Acesso I do carnaval da cidade, muita festa e Kaio não se contia de felicidade e esnobismo ao exibir sua nota 10 e o prêmio de melhor casal do grupo.

Maria esteve na quadra comemorando o título, paparicada como sempre, o Casal principal da escola dançavam como se não houvesse o amanhã e em nenhum momento levaram ao pavilhão para saudar a verdadeira dona do posto, ignorando a presença de Maria naquele momento tão especial da sua escola.

Mesmo chateada Maria não deixou transparecer sua indignação com a postura do casal nota 10 do ano, na movimentação festiva poucos prestaram a atenção neste ocorrido.

Final da parte 4

Texto: Ednei Mariano e Wesley Bj

Arte: Wesley Bj

Artigo de

Redação Sampa