Startup x carteira assinada: os caminhos após a graduação

São Paulo, SP 23/11/2020 – Uma graduação pode sim ser um pontapé para uma carreira de empreendedor.

É muito comum acreditar que startups sejam criadas em garagens e que uma faculdade não seja um caminho para se começar a empreender. Mas, é justamente neste tipo de ambiente que o estudante pode ser incentivado a explorar suas ideias e começar a concretizar seus sonhos empreendedores.

Uma startup é um modelo de negócio inovador, escalável e repetível que pretende desenvolver soluções em um cenário de incertezas. É muito comum acreditar que uma faculdade não seja um caminho para a criação de uma startup ou um empreendimento, já que estas instituições de ensino são mais associadas com a formação de profissionais para o mercado de trabalho empresarial.

Porém, uma graduação pode sim ser um pontapé para uma carreira de empreendedor. No Centro Universitário FIAP, por exemplo, o TCC tradicional foi trocado pelo projeto Startup One, desde 2013, onde alunos que estão no último ano da graduação ou do MBA desenvolvem uma startup como projeto final, colocando em prática os aprendizados dos cursos e contando com o auxílio dos professores e dos coordenadores da FIAP.

Após a conclusão do projeto, no final do curso, é totalmente possível que os alunos deem continuidade em suas startups, mantendo-as ativas, até porque neste ambiente de criação e desenvolvimento muitos dos estudantes se sentem inspirados com suas próprias ideias e negócios.

Abaixo, três casos de startups de sucesso que começaram quando seus fundadores estudavam na FIAP :

Promobit

A Promobit é uma plataforma colaborativa que reúne oportunidades de compras com desconto e melhores ofertas. A empresa verifica as promoções e bloqueia ofertas com fraudes, evitando que consumidores caiam em golpes, além de utilizar informações do Procon (Programa de Proteção e Defesa do Consumidor) para avaliar suas lojas cadastradas. Os próprios usuários podem curtir, comentar e compartilhar as ofertas que acharem válidas, para dar mais credibilidade. Foi fundada em 2014, por Raphael Naswaty, graduado em Sistemas de Informação pela FIAP. A startup lucra com uma comissão das lojas anunciadas, que varia de 3% a 20%, e ações personalizadas.

Refinaria de Dados

Fundada em 2017, pelos alunos Rafael Zenorini (MBA em Data Science) e Gregório Gomes, a Refinaria de Dados é uma startup que oferece soluções para tornar simples o acesso e o relacionamento com grandes quantidades de dados das organizações, com foco de atuação na Indústria Farmacêutica e Instituições Financeiras. A empresa que faturou mais de um milhão de reais em 2019 conta com uma infraestrutura tecnológica 100% própria, que coleta e analisa big data advindo de mais de vinte mil fontes de informação, de forma alinhada às diretrizes da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados).

Avec

Victor Sorroche, aluno do MBA em Arquitetura de Soluções, é cofundador da Avec, plataforma que oferece desde ferramentas de marketing, aplicativo de agendamento online, sistema de gestão com soluções integradas de pagamento até conta digital e cartão de crédito, para ajudar o empreendedor das áreas de Beleza e Bem-Estar. A empresa tem mais de 40 mil estabelecimentos como clientes e um aplicativo para o consumidor final, que pode realizar agendamentos, pagamentos, avaliações e compras de serviços e produtos.

Website: http://www.fiap.com.br

Artigo de