Museus e espaços culturais reabrem atividades na cidade de São Paulo

Com horário marcado, o uso de máscaras é obrigatório, os espaços devem receber 60% da capacidade total de visitantes

Pedro Jackson

Após seis meses fechado devido à quarentena para evitar a disseminação do novo coronavírus, os espaços culturais começam a reabrir suas portas. A grande São Paulo e mais cinco regiões do estado avançam para a fase verde, essa que entende-se que o vírus se encontra em fase decrescente, e portanto, há menos restrições, mas é preciso permanecer tomando os cuidados de higiene e distanciamento.

Pelas regras da capital, na fase verde é também liberados cinemas, museus, teatros além de eventos para até 600 pessoas, como: Convenções, seminários, palestras e feiras.

Vale lembrar que todos esses espaços continuam seguindo as regras da OMS, portanto é obrigatório o uso de máscaras, rotinas de conscientização e educação dos funcionários, desinfecção dos espaços, medição de temperatura dos visitantes, triagem rápida de colaboradores para identificar possíveis casos, distanciamento social, ocupação de 60% da capacidade máxima, tudo isso passa a fazer parte do dia-a-dia da cultura.

É importante que entrem no site para fazer as compras de seus ingressos ou liguem para os respectivos espaços para confirmar local, disponibilidade da vaga e horário.

Veja a lista de locais em São Paulo que reabriram: 

Horário de funcionamento: das 12h às 16h
www.casaguilhermedealmeida.org.br

Kathelin Malafaia