Empoderamento feminino precisa aumentar em tempos de violência contra a mulher

São Paulo 30/10/2020 – Meu objetivo é fazer com que as mulheres despertem suas forças.

Nutricionista e terapeuta ortobiomolecular Nathália Braga ensina mulheres a despertarem suas forças interiores através de curso online

A pandemia do novo coronavírus tem mostrado que a violência contra a mulher cresceu no período de isolamento social. Dados da 14ª edição do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgados neste mês mostram um aumento de 1,9% nos feminicídios e de 3,8% nos chamados para atendimento de violência doméstica feitos ao 190 no primeiro semestre de 2020, em comparação a igual período de 2019. E não é apenas no Brasil, do outro lado do mundo – na Austráilia, o Estudo Essential Research entrevistou 1.074 adultos e descobriu que 42% dos homens com idades entre 18 e 34 anos não consideravam “bater, socar ou conter” outra pessoa como “um tipo de violência doméstica”.

Para a nutricionista e terapeuta ortobiomolecular Nathália Braga, 32 anos, que desde 2015 já atendeu mais quatro mil pacientes, 90% público feminino, diz que é preciso um olhar da educação mundial para ensinar o empoderamento feminino. “Através de um consultório sempre repleto de clientes mulheres e de muita conversa com cada uma, percebi a necessidade de um conteúdo que o planeta todo precisa que é a mulher ter a capacidade de descobrir a força que existe dentro dela. Reconhecer e apagar as crenças machistas, a baixa autoestima e ter sua própria voz”, conta a doutora Nathalia Braga que seu maior foco agora é o curso para empoderar mulheres.

“Conforme fui me desenvolvendo como mulher, percebi a necessidade de ser resiliente e muito forte diante das adversidades da vida. Fui levando minha realidade do consultório para a internet (Instagram @dranathaliabraga). Quando percebi, eu estava cercada de mulheres que precisavam despertar sua força e serem cada vez mais poderosas”, explica a nutricionista que em 2018 recebeu uma menção honrosa da Câmera de Vereadores de Juiz de Fora por conta do seu trabalho a favor das mulheres. “Amo a mulher que me tornei porque lutei para ser ela. Meu objetivo é fazer com que as mulheres despertem suas forças. E minha meta é: empoderar mulheres”, ressalta Nathália Braga.

Para saber mais sobre os cursos da nutricionista Nathália Braga, acessem suas redes nos links abaixo e empoderem-se! 

Instagram: https://www.instagram.com/dranathaliabraga/

Facebook: https://www.facebook.com/dranathaliabraga/

YouTube: https://www.youtube.com/c/MeuMundoSBT/featured

Website: https://www.nathaliabraga.com.br

Artigo de