Busca por cidadania italiana teve aumento significativo após Inglaterra estipular prazo para legalização de europeus

Londres 29/9/2020 –

Com a Brexit, que teve prazo estendido até 31 de dezembro, os brasileiros voltam as atenções para regularização do direito da residência como europeu

O número de brasileiros buscando por cidadania italiana segue aumentando há alguns anos. Segundo dados disponibilizados pela CRE, Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional, somente no ano de 2018 foram cerca de 265 mil pedidos. 

E, com a definição da Brexit, muitos estão adiantando os planos de ter dupla cidadania: com o prazo estendido até 31 de dezembro de 2020, a Brexit volta as atenções para regularização do direito de residência como Europeu em solo Britânico – e, com isso, os brasileiros com direito a cidadania estão em uma corrida contra o tempo.

Silmara Fabotti, sócia-fundadora da Diritto di Cittadinanza, empresa que viabiliza e apoia processos para o alcance da cidadania italiana, traz dados internos da corporação: os três primeiros semestres de 2020 já representam aumento de 10 mil pedidos em comparação ao ano anterior. 

Vida na Europa

Silmara nasceu em Ubiratã, no Paraná, uma cidade com pouco mais de 21.000 habitantes. Aos 14 anos foi para São Paulo com a família, gostou da correria da metrópole e decidiu se aventurar no exterior. 

Vivendo na Inglaterra dos 17 aos 20 anos, Silmara retornou da Europa para o Brasil algum tempo depois. “No meu retorno descobri que tinha direito a cidadania italiana. Com essa ideia em mente, fiz a busca pelos documentos e, depois de um tempo, tudo deu certo”, comenta. 

O processo da cidadania italiana pode demorar. No caso de Silmara, foram oito meses para que tudo fosse concluído. “Posso dizer que aprendi bastante durante minha trajetória. Com isso, me senti inspirada e comecei a ajudar amigos e colegas. Tudo aconteceu de forma muito natural”, comenta. 

A Diritto Di Cittadinanza já está no mercado há mais de 10 anos. Nesse tempo, foram mais de 5 mil cidadanias reconhecidas, com clientes dos mais diferentes países. “Hoje atuamos na Itália, onde fica a sede de nossa empresa, mas também temos filial em Roma, Brasil, Dublin, Londres e Estados Unidos”, aponta. 

Apoio especializado

A  Diritto Di Cittadinanza apoia em todos os processos: desde a busca de certidões; documentos do antecedente italiano, caso a família não possua; apostilamento; traduções; advogados especializados; acomodação confortável, locomoção e toda a estrutura necessária para que o requerente possa aguardar este momento tão especial da melhor maneira possível. 

Toda a equipe é treinada por Silmara Fabotti, que faz questão que os pilares de atendimento sejam alinhados para satisfação daqueles que precisam do apoio da corporação durante a jornada da cidadania.

Além disso, a Diritto di Cittadinanza tem na sua equipe 3 advogados italianos, quando o cliente opta pela via judicial, há assessoria desde os casos mais simples até os mais complexos. 

O processo é funcional, uma vez que a pessoa não precisa sair do seu País e ir até a Itália. Tudo pode ser feito através de procuração em nome de um dos advogados da Diritto di Cittadinanza e o processo do reconhecimento leva em média 18 meses. Assim como é realizado no processo administrativo, o judicial pode ter mais de um requerente no mesmo processo.

Para saber mais, basta acessar: https://www.dirittodicittadinanzasrl.com/

Website: https://www.dirittodicittadinanzasrl.com/

Artigo de