Livro analisa as mudanças no comportamento humano com maiores chances de permanecerem após o novo coronavírus

Rio de Janeiro, RJ 21/9/2020 – Processos que utilizem a via digital/virtual decerto terão prevalência pós-pandemia.

Uma análise dos impactos da COVID-19 sobre a humanidade e as mudanças impostas pela pandemia, seja nas interações sociais ou na economia.

O que a pandemia traz de lição, e quais seus reais impactos sobre o comportamento humano? Essas e outras questões são levantadas e discutidas no livro “A vida após o novo coronavírus: novos comportamentos”, de Lucio Lage Gonçalves. As mudanças, embora não pareçam tão perceptíveis em um primeiro momento, definirão a forma como as pessoas entendem e interagem com o mundo.

A pandemia fez surgir a necessidade de se repensar um mundo mais adaptado à nova realidade, com o objetivo mais imediato de frear o avanço do vírus, para que futuramente as pessoas estejam mais preparadas para evitar, ou, ao menos, atenuar os desagradáveis impactos econômicos e sociais que uma crise como essa é capaz de propiciar. E nesse ponto, a tecnologia desempenha um papel fundamental na tentativa de minimizar os impactos negativos do isolamento. Segundo o próprio autor, “processos que utilizem a via digital/virtual decerto terão prevalência pós-pandemia”.

A obra, baseada numa ampla e rica bibliografia, não se propõe a trazer respostas, mas sugere caminhos, aposta em alguns bons exemplos e lembra que grandes mudanças surgiram em momentos em que a humanidade se viu diante de novos e duros desafios.

Lucio Lage Gonçalves é doutorando em Saúde Mental no Instituto de Psiquiatria da UFRJ (IPUB/UFRJ), e colaborador do Laboratório DELETE, vinculado ao IPUB/UFRJ, onde pesquisa o comportamento humano, em particular a dependência digital.

Para mais informações, basta acessar o link:
www.barralivros.com/vida-apos-coronavirus

Website: http://www.barralivros.com

Artigo de