Conforme dados da Pesquisa Mensal de Comércio, divulgada pelo IBGE, o volume de vendas do varejo cresceu em julho 5,2% em comparação ao mês anterior

São Paulo 11/9/2020 – A possibilidade de facilmente realizar promoções relâmpago com curta duração ou mesmo programar previamente as ofertas, foram decisivos”, diz Ivens Encarnação.

Conforme dados da Pesquisa Mensal de Comércio, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o volume de vendas do varejo cresceu, em julho, 5,2% em comparação ao mês anterior. É o maior resultado para o mês de julho desde o ano 2000. Também conforme esses dados, esta foi a terceira alta seguida no ano, com algumas categorias apresentando resultados acima dos registrados no período pré-pandemia, como móveis, eletrodomésticos e supermercados.

Neste cenário, a evolução chegou ao varejo, e foi através da tecnologia. Sendo um processo que conecta o caixa central do estabelecimento direto com as bancadas do estoque, as etiquetas eletrônicas consolidaram-se como uma tendência para o setor supermercadista.

Focada em fornecer instrumentos inteligentes para modernizar o mercado varejista, a Opticon – uma das primeiras empresas do mundo a se especializar na fabricação de scanners de código de barras – programou a instalação em todo o canal de lojas da rede Ferramentas Gerais de sua tecnologia de etiquetas eletrônicas.

Programado para ser finalizado até o final do ano, o projeto iniciou-se em Curitiba, na nova loja Ferramentas Gerais-ICO, inaugurada em dezembro e que já se consolidou como uma das mais completas lojas especializadas em ferramentas do Brasil, agregando novos conceitos ao PDV de ferragens, ferramentas, máquinas e equipamentos ao conciliar novas experiências ao consumidor, com a maior variedade de ofertas de produtos e marcas do mercado.

No primeiro trimestre de 2020, foram as unidades de Porto Alegre, Caxias do Sul e Joinville que receberam o novo sistema das etiquetas eletrônicas e o projeto prevê ainda uma nova loja em Novo Hamburgo-RS, que será inaugurada no segundo semestre, seguindo o cronograma de inauguração dentro das estratégias comerciais da empresa.

Nesse cenário de atualizações quase diárias das etiquetas, motivadas por fatores como tributação e oscilações cambiais, organização física da loja, chegada de novos itens, ou até mesmo a necessidade de promoções e ações de vendas pontuais, que a rotina da loja exige para atrair consumidores e estimular suas vendas, as etiquetas eletrônicas trazem vantagens claramente percebidas.

Entre os benefícios está o total controle do preço em todas as frentes de atendimento, cumprindo as determinações do Código de Defesa do Consumidor e garantindo aos clientes que o mesmo preço exposto nas prateleiras seja o cobrado no caixa. “Percebemos maior agilidade no processo de alteração de preço, possibilidade de facilmente realizar promoções relâmpago com curta duração ou mesmo programar previamente as ofertas, além do total monitoramento de todos os preços praticados, que ajuda também a eliminar as divergências dos valores expostos nas prateleiras com o praticado no caixa, o que sempre é alvo de reclamação entre os consumidores e pode causar prejuízos ao PDV, que deve praticar o menor preço divulgado, conforme o Código de Defesa do Consumidor”, explica Ivens Encarnação, Diretor Comercial da Ferramentas Gerais.

Além de todas essas benfeitorias, o Diretor Comercial também destaca a economia gerada pela tecnologia: “Através das Etiquetas Eletrônicas conseguimos reduzir aproximadamente 27 h/semana, sendo que essas horas, antes ocupadas pela troca das etiquetas manualmente, agora são utilizadas no abastecimento de gôndolas e na organização do estoque. Outra melhoria está relacionada à sustentabilidade, com a redução no consumo de papel para as atualizações: antes, o consumo era de aproximadamente 40 rolos de etiquetas, além das fitas adesivas para fixação semanal do preço, um custo e recurso que agora, com a etiqueta eletrônica, não existem mais”, concluí Ivens Encarnação.

Os mecanismos de alto desempenho da Opticon são confiáveis, compactos e fáceis de integrar com produtos e processos de negócios. A ampla gama de mecanismos de digitalização da Opticon é fabricada com materiais de alta qualidade e segue os exigentes requisitos regulamentares e de segurança.

Opticon:

Fundada em 1976, a Opticon é um dos maiores players do mercado de tecnologia voltada para o varejo. A empresa foi uma das primeiras do mundo a se especializar na fabricação de scanners de código de barra, revolucionando o mercado e facilitando o gerenciamento de estoque, ativos e separação de pedidos.

Atualmente, a Opticon está presente em mais de 65 países fornecendo soluções de alta tecnologia para etiquetas de prateleiras eletrônicas, sinalização digital e equipamentos totalmente adaptáveis a qualquer tipo de estrutura varejista.

www.opticon.com

Ferramentas Gerais:

A Ferramentas Gerais foi fundada em 1957, com matriz em Porto Alegre-RS, e é líder nacional na comercialização de suprimentos destinados à indústria nos setores de Manutenção, Reparo e Operação (MRO). No Paraná e em Santa Catarina, a FG é a sucessora da ICO Comercial, fundada em 1945 e que ao longo de muitos anos se consolidou como uma das mais tradicionais lojas especializadas em ferragens e ferramentas, referência no segmento.

Ao longo de mais de 60 anos no mercado, a Ferramentas Gerais conquistou a preferência do segmento industrial de todo Brasil, fruto, principalmente, de um amplo e especializado portfólio de produtos das principais marcas de ferramentas. Sua estrutura Comercial é composta pelas Vendas Internas e Vendas Integradas, além de quatro lojas no Sul do Brasil: no Rio Grande do Sul, em Porto Alegre e Caxias do Sul; em Santa Catarina, em Joinville; e no Paraná, em Curitiba. Em breve, será inaugurada a quinta loja, em Novo Hamburgo-RS.

 www.fg.com.br

Website: http://www.opticon.com.br

Artigo de