A melhor estratégia de prevenção exige conscientização da população

8/9/2020 –

Medidas de prevenção adotadas individualmente, associadas ao isolamento imposto, são a forma mais eficaz para combater o coronavírus, segundo pesquisadores.

Um estudo publicado na revista Plos, produzido por cientistas afiliados à Universidade de Utrecht (Holanda), mostrou que o isolamento social, higienização das mãos e o uso de máscara são a melhor estratégia para evitar a disseminação do coronavírus. 

Para os resultados, os pesquisadores desenvolveram um modelo computacional sobre a propagação da doença, baseado em informações epidemiológicas. A partir disso, eles avaliaram o efeito previsto de diferentes medidas preventivas sobre o número o momento da ocorrência de casos. 

Os cenários resultantes da pesquisa apontam que medidas autoimpostas de distanciamento social, higienização das mãos e uso da máscara podem diminuir e atrasar o pico de casos. Nesse contexto, a conscientização da população é essencial para consolidar as práticas preventivas. Mais que uma imposição, o cuidado com a segurança deve ser um compromisso compartilhado socialmente. 

Com o objetivo de oferecer uma máscara mais confortável e prática, a fabricante Fiber desenvolveu uma peça a partir da tecnologia de tecelagem 3D. A Máscara KNIT Fiber possui desenho anatômico que se encaixa ao rosto, cobrindo com segurança a boca e o nariz. E ainda, a máscara possui encaixe para filtro, similar aos modelos profissionais. Com o filtro na peça, ao menos 96% das partículas de ar são bloqueadas. 

Para ter acesso a mais informações e realizar compras, basta acessar: www.mascaraknit.com.br.

Website: http://www.mascaraknit.com.br

Artigo de