Com cenário econômico favorável e blockchain, tokenização de ativos é alternativa segura para investimentos

São Paulo SP 1/9/2020 – A tokenização de ativos vem se mostrando como uma excelente alternativa de negócio, afirma Milton Lyra.

A maior pandemia do século XXI provocou mudanças de comportamento nos quatro cantos do planeta. Na economia, o novo coronavírus contaminou o Produto Interno Bruto, atingiu milhões de postos de trabalho formais, fechou milhares de empresas, causou falta de liquidez em muitas outras e alterou em definitivo as tendências de investimentos. Com o mercado tradicional de ações afetado diretamente por todas essas mudanças, a tecnologia torna-se um aliado de peso e a simplificação de operações de compra e venda de ativos é a aposta de revolução do segmento.

Nesse contexto, não há como deixar de mencionar os mais recentes avanços do processo de tokenização. Usada em transações financeiras online de bancos de todo o mundo, a tecnologia é considerada segura por guardar informações num ambiente criptografado e, portanto, sem risco de fraudes. Descentralizando a validação e eliminando o intermediário, grandes startups e indústrias têm aberto mão da tokenização de ativos, através de um sistema blockchain, proporcionando agilidade e custo-benefício aos seus investidores.

Mas afinal de contas, o que é Blockchain? Blockchain é uma tecnologia de registro coletivo que visa a descentralização como medida de segurança. Os blocos são dependentes um dos outros, o que torna essa tecnologia perfeita para registro de informações que necessitam de confiança e transparência.

 “No Brasil, com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), recentemente sancionada e que deve entrar em vigor em breve, regulando o uso de dados por empresas a fim de proteger usuários, a preocupação com a segurança está numa crescente. Por isso, destacamos que a tecnologia blockchain é a que apresenta maiores níveis de segurança. E o ativo tokenizado nada mais é do que um contrato digital, emitido através dessa tecnologia, vinculado a um documento jurídico que representa um ativo real”, explica Milton Lyra, CEO da Global Token System (GTS).

De acordo com Milton Lyra, as plataformas de negociações dessas operações proporcionam transações extremamente ágeis com custos muito menores do que o praticado no mercado convencional, devido justamente à automatização dos processos de administração, liquidação, pagamento e transferência dos ativos.

Sem dúvida alguma, todas as mudanças econômicas mundiais causadas pelo longo período de quarentena impactaram o perfil dos investidores e fizeram com que percebessem que a tokenização de ativos vem se mostrando como uma excelente alternativa de negócio”, afirma Milton Lyra.

Website: http://www.globaltokensystem.com

Artigo de