A “bonequinha russa” que encanta nossa passarela do samba

Arquivo Pessoal

Karine Grum, 27 anos, nascida em São Paulo no bairro Mooca, a loira que encanta com o seu gingado, grande sorriso e muito samba no pé, isso mesmo nossos queridos leitores, ela nos mostra para que veio nesse planeta. Seu pavilhão de coração é a Dragões da Real, apresentada a ela em 2004 pela sua família que já eram componentes de ala, em visita a agremiação, sentiu que ali era o seu lugar e foi muito inspirada pelo luxo, brilho da rainha Theba na época e as garotas que faziam parte da corte .

Com o avanço da tecnologia e da idade, as inspirações vieram através de vídeos e de visitas a outras co-irmãs e de algumas divas tais como: Evelyn Bastos, Camila Silva, Gisele Alves, entre outras. ‘’Sempre podemos aprender algo com alguém’’ . Diz a loira que acompanha várias rainhas e passistas, podendo assim se basear e fazer o seu próprio estilo.

Karine é puro sentimento e se doa por inteira quando tem uma apresentação, e aí que transforma todo o seu amor pelo pavilhão e carnaval em força absoluta, no qual leva seus fãs ao delírio, pois tem brilho nos olhos e sangue nas veias quando o assunto é cantar e sambar. Sobre as dificuldades, já começaram por ser loira e ninguém apostar nada, também teve dificuldades financeiras e os relacionamentos que não caminhavam lado a lado, pois seu amor pelo carnaval era maior.

Fora dos holofotes, nossa sambista é mãe, educadora física, personal, dançarina, sonhadora, amiga e ama o mundo fitness.
Influenciando gerações, a “bonequinha russa”, assim que gosta de ser chamada, vai por essa passarela dos sonhos,transmitindo alegria por onde passa e tirando suspiros da nova geração que um dia estará se espelhando e a citando a como exemplo de superação.

Incentivada pela mãe, filho, irmãos de santo e amigos, lá vai ela…

A nossa luz do carnaval sempre a brilhar, servindo o seu pavilhão com todo amor e esmero.

Parabéns Karine Grum!

Artigo de

Fátima Beaux