Mancha Verde realiza live solidária com duração de aproximadamente 7 horas

A tarde foi embalada com sambas das co-irmãs convidadas com a presença de seus respectivos intérpretes, por jogadores e personalidades do Palmeiras

Imagem Divulgação

Na tarde de ontem (24), a escola de samba Mancha Verde fez sua live com duração de 7h30 e um alcance de 3.100 espectadores pelo YouTube, o intuito era completar a marca de 100 toneladas de alimento em doações ao qual agremiação vem fazendo campanha distribuindo cestas básicas pelas comunidades de São Paulo. Em sua quadra na parte externa o presidente da escola Paulo Serdan fez uma super produção para a transmissão, com presença de Andre Guerra presidente da torcida da Mancha Verde e segmentos da escola, trouxeram em sua live vários convidados do mundo do samba e também do futebol.

Estavam presentes na quadra o intérprete oficial da escola Fred Viana acompanhado de sua ala musical, Mestre Guma e alguns ritmistas da Bateria Puro balanço, o carnavalesco Jorge Freitas e alguns membros da diretoria e equipe de apoio da transmissão.
Entre os convidados esteve presente os intérpretes Chitão (Colorados do Brás), Carlos Júnior (Império de Casa Verde), Evandro (Grande Rio), Guilherme Cruz (Mocidade Unida da Mooca), Igor Sorriso (Mocidade Alegre), e Darlan Alves e Douglas Aguiar (Águia de Ouro).
Com participações de suas casas os ex jogadores do Palmeiras como o goleiro Marcos e Fernando Prass também agitaram a live da escola, assim como Felipe Melo, Marcos Rocha, e o técnico do time Vanderlei Luxemburgo.

Destaque para a participação da presidente da Crefisa atual patrocinadora da escola de samba e também do time do Palmeiras que salientou a importância da ajuda não só da escola, mas de toda a população nesse momento de pandemia. Subsedes das torcidas do time ao qual a escola é oriunda, também mandaram vídeos contando seus projetos de doações por todo o país. Nickolas Grecco o garoto portador de deficiência visual conhecido por sua paixão pelo Palmeiras ao ter os jogos narrados por sua mãe também foi destaque com sua participação durante a live.

O vocalista do grupo Fundo de quintal Márcio Alexandre fez uma participação contando sua emoção em desfilar na escola em 2018, ano em que a escola homenageou o grupo. E não podia faltar a presença da rainha Viviane Araújo que cantou e sambou direto de sua casa no Rio de Janeiro ao som de sambas enredos de sua escola Mancha Verde. Ela fez um churrasco juntamente ao seu namorado em casa especialmente para acompanhar a live, contou ela a Paulo Serdan durante a participação.

No começo da transmissão o presidente contou que a polícia militar havia estado no local devido a uma denúncia por causa da movimentação de pessoas na quadra, e como o evento atendia todos os padrões de segurança contra a Covid-19, entre eles uso de máscaras, higienização com álcool em gel e o distanciamento entre os participantes, pôde continuar seu evento em prol de arrecadar doações para sua campanha em ajudar os mais necessitados . E com muito samba e futebol a escola de samba Mancha Verde alcançou a marca de 100 toneladas de alimentos doados que serão entregues em comunidades carentes.

A Live que deu início às 14h , foi finalizado por volta das 21:30 com agradecimentos feitos pelo presidente da escola a todas as participações e doações de parceiros e admiradores, nós deixando a mensagem do quanto é importante o trabalho social das escolas de samba. Sobre o Carnaval de 2021, ressaltou que o momento é de aguardar que tudo isso se resolva e que a preservação da vida esteja em primeiro lugar, e caso for autorizado pelas autoridades, mesmo que não aconteça na mesmas proporções que estamos acostumados, desfilarão nem que seja de camisetas em respeito a cultura do carnaval.

Artigo de

Miriam Barros