São Paulo terá feriado prolongado de 6 dias, a partir desta quarta-feira, para aumentar o isolamento

Foto: Palácio do Governo

O anúncio foi feito nesta segunda-feira (18), pelo governador João Doria (PSDB) e o prefeito Bruno Covas (PSDB). Os projetos, que ainda serão votados pelo Legislativo, querem antecipar feriados na capital paulista para ajudar no índice de isolamento social na capital paulista.
Doria quer antecipar para o dia 25 de maio, próxima 2ª feira, o feriado de 9 de julho. Se a assembleia legislativa aprovar a sugestão do Executivo, a próxima 4ª e 5ª feira (20 e 21 de maio) serão feriados na capital. A 6ª feira, 22, será ponto facultativo. A cidade de São Paulo também terá feriado em 25, 26 e 27 de maio. A medida foi antecipada pelo prefeito Bruno Covas no domingo em uma reunião online.
Na capital paulista, o feriadão teria início nesta quarta-feira, 20, com a antecipação do feriado de Corpus Christi (11 de junho) e da Consciência Negra (20 de novembro) para esta quarta-feira, 20, e quinta-feira, 21. Já a sexta-feira, 22, seria ponto facultativo. Nas demais cidades, haverá uma recomendação do governo estadual para que as prefeituras antecipem feriados municipais para os dias 26 e 27 de maio, de modo a ampliar ainda mais o feriado prolongado.

Artigo de

Ubiratan Miranda