Nenê de Vila Matilde mostra a força da sua comunidade

A Tradicional escola de Samba da Zona leste veio para avenida cantando a história da Cerveja, com uma bela Comissão de frente celebrando a Deusa da Cerveja e seus encantos.

Trazendo fantasias com belo acabamento, a escola pecou no conjunto alegórico, apesar de ter um imponente abre alas, os demais carros não seguiram o primor de acabamento apresentando pequenas falhas que desejamos que não sejam apontadas em seu julgamento.
O último carro apresentou a falta de um destaque e um outro desfilou sem costeiro.

De maneira geral, o orgulho matildense foi resgatado com mais um belo desfile para sua história e as arquibancadas devolveram cantando muito.

Artigo de

Diney Isidoro