Com um enredo tecnológico, Rosas de Ouro encerra os desfiles do Grupo Especial

Fechar o carnaval não é uma das tarefas mais fáceis para uma escola de samba. A Rosas de Ouro fechou bem, com um enredo falando sobre tecnologia. Mesmo pisando na avenida com o dia claro, a escola conseguiu levar para o Anhembi cores vibrantes que deram um bom efeito na avenida. O enredo Tempos Modernos trouxe as revoluções industriais até chegar na era 4.0, com chips e robôs. Destaque para o time de canto, comandado pelo veterano Royce do Cavaco, e, para a bateria do Mestre Rafa, que usou e abusou das bossas.

Veja os principais momentos do desfile








































Artigo de

Redação Sampa