Camisa Verde e Branco realiza desfile como há tempos não fazia

Mesmo com a ausência do homenageado Carlinhos Brown a escola da Barra Funda fez um desfile com muita ancestralidade e força ao passar na avenida. A Bahia esteve retratada de forma fiel em suas alegorias e alas.

O samba enredo animou as arquibancadas e a interpretação de Alessandro Tiganá e seu time de canto, foi o ponto forte para o deixar mais animado e para cima.

A comunidade cantou muito, era notório a felicidade e a sede de vitória, a bateria do Mestre Marcão foi outro destaque do empolgante desfile do trevo. Foi maravilhoso ver o Camisa como antigamente, que desfile memorável!

Artigo de

Redação Sampa